Para alguns não é fácil aceitar o desafio de viajar sozinho. Tem gente que não gosta ou tem medo de passar algumas dificuldades. Porém, quem nunca teve esse experimento não sabe o quão valioso e importante isso é para o nosso próprio conhecimento. Por isso listamos cinco motivos para você viver essa experiência:

Você tem mais conhecimentos do que acha que sabe

Algumas pessoas podem ser desencorajadas a viajar sozinhas por causa de uma longa lista de coisas que estão preocupadas de não conseguirem descobrir quando se encontrarem sozinhas em um país estrangeiro. Claro que dá aquele medo de ir para um país que você não conhece e viajar só. O segredo é se permitir e também aprender até onde vai seus limites. O mais importante é se abrir a novas experiências e tentar se comunicar (mesmo não sabendo direito) com alguém local. Você pode se sentir envergonhado ao lutar contra palavras desconhecidas, mas eventualmente aprende a se livrar da timidez para obter o que precisa.

Você deve aprender a tomar suas decisões sozinhas e sem consultar os outros

shutterstock_649752805

Você pode não perceber o quão é importante suas decisões na vida. Nós comprometemos com o nosso trabalho, como gastamos nosso tempo e com quem passamos nosso tempo. Em todos os aspectos de nossas vidas diárias, somos forçados a fazer decisões. Mas vale a pena pararmos um pouco pra ver se estamos no caminho certo, e mesmo esse não sendo um dos grandes objetivos da viagem, acontece.

Viajar sozinho é não depender de ninguém e seguir o que você acha que deve ser feito. É a sua vida, a sua viagem. Você sozinho dita o que você quer fazer. Interessado em arte e cultura? Encontre uma lista de todos os melhores museus. Quer festejar até o amanhecer e dormir até tarde? Faça. Viajar sozinho nos ensina que a vida não precisa de um roteiro e temos que ser mais flexíveis.

Você vai viajar sozinho, mas isso não quer dizer que precisa fazer TUDO sozinho

Apesar de você ter que pegar o avião sozinho, se virar pra chegar até o destino que reservou, repare que ao seu lado tem pessoas diferentes e você pode sim conversar e aprender alguma coisa totalmente diferente. Se tem algum dia que você quer alguém pra conversar vá até um bar, se junte a algum grupo de atividades, faça um city tour e terá pessoas diferentes pra conversar – isso é um bom desafio até para quem é mais tímido.  Se você ficar em casa de família ou alojamento estudantil, nunca perderá companheiros de viagem. Eles estão da mesma forma que você explorando um lugar e querem ter uma experiência incrível.

Viajar sozinho te ajuda a ser mais independente e confiante 

Depois de ter essa experiência você começará a entender como as viagens com outras pessoas poderiam ser limitadas. Nós nos quando estamos com pessoas costumamos nos limitar a o que estamos acostumados, mas muitas coisas abrem quando você está sozinho.

Muitas vezes, podemos estar tão atarefados que nos esquecemos de quantas possibilidades a vida reserva para nós. A viagem individual permite explorar não apenas essas possibilidades, mas também as possibilidades dentro de você. A viagem individual ajuda você a ser mais independente, confiante e extrovertido. E sem amigos e familiares familiares para formar um amortecedor entre você e o desconhecido, você aprende mais sobre o mundo exterior e o seu lugar nele.

Quer uma dica para começar a aquecer seu coraçãozinho para uma aventura tão incrível? Se permita uma vez por mês ir ao cinema sozinho e sair pra jantar. A primeira vez não será uma das melhores, mas conforme a prática te deixará ainda mais apaixonado por você mesmo!

Tag:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *