Passada a primeira semana de adaptação, as coisas começaram a fluir de maneira mais natural. Na segunda-feira, minha sala de aula tinham caras novas. Outras também haviam ido embora. Esse é o legal do intercâmbio aqui, pois toda semana tem esse “rodízio” de pessoas e você tem a oportunidade de conhecer novas pessoas, fazer novas amizades do mundo todo. Depois da aula, fui almoçar com um pessoal que fez o primeiro dia de aula na segunda e já apresentá-los opções de restaurantes com bom custo benefício para a estadia deles. De noite, fui na festa de boas-vindas tradicional, que já contei na semana passada.

WhatsApp Image 2018-10-11 at 16.13.26

Toda terça, aliás, é mais difícil para acordar. Mas todo mundo adora as festas de recepção. O dia amanheceu chuvoso e fui para a aula. Fizemos uma espécie de gincana na sala para cada uma contar o que fazia no seu país. Foi bem divertido! Depois, fui para a academia e aproveitar para correr na orla de Sliema durante a noite, já que a chuva já tinha passado.

Na quarta-feira, meu professor indicou um rooftop para almoçarmos. Saímos da aula e fomos direto para lá. Ele fica no hotel Hilton e é muito bonio. Depois fui treinar e a noite fomos para a Brazilian Party em Paceville. Uma festa só com DJs brasileiros. Foi muito bom para matar a saudade do Brasil. Essa festa acontece toda quarta-feira e não precisa pagar.

Na quinta-feira, o professor realizou um teste. Após conferir as respostas, sugeriu que eu mudasse de nível para o Uper, pois nessas quase duas semanas eu consegui evoluir bastante meu inglês. Eu optei por permanecer mais uma semana no Intermediate, pois sentia que ainda haviam algumas dúvidas para tirar. Na próxima semana, eu iniciarei no Uper. Achei muito interessante o professor te avaliar em classe para te ajudar a evoluir o mais rápido possível, já que meu tempo é curto por aqui.

WhatsApp Image 2018-10-11 at 16.13.26 (1)

Na sexta-feira, mais colegas de classe foram embora. No intervalo da aula, rolou a tradicional entrega de diplomas. Depois da aula, eu e um amigo alemão, que estuda comigo, fomos nas pedras de Sliema e ficamos pulando no mar. Foi muito divertido!

De noite fomos em uma festa típica de Valletta, em Malta, que acontece uma vez por ano: a Noite Blanca. Uma orquestra toca na cidade e o pessoal fica em volta assistindo e comendo nos restaurantes típicos.

No sábado, um amigo meu do Brasil, que estava em Madrid, veio me visitar, pois a passagem de Malta para outros países da Europa têm um custo benefício muito bom. Aproveitamos o dia na praia Paradise Bay e a noite fomos a uma balada chamada Eleve 22, localizada no 22º andar do Hotel Hilton.

No domingo, alugamos um carro para conhecer os lugares mais distantes da ilha. Em duas pessoas, compensa mais financeiramente do que utilizar os transportes de Malta. Fomos para a Coral Lagoon andar de standup, depois fomos na Popeye Village, que você paga 15 euros para entrar e tem um parque aquático com diversos brinquedos. Também tem um ótimo restaurante nesse lugar. Por fim, fechamos o domingo no Café Del Mar para ver aquele maravilhoso pôr-do-sol novamente.

Chegamos a metade da minha estadia aqui!
Até a próxima, pessoal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *